domingo, julho 18, 2010

ANO V - Etapa 71

MELHOR PRESTAÇÃO DE SEMPRE

Terminaram hoje os Mundiais de Estrada, juniores e sub-23, que decorreram em Ancara, na Turquia.

Portugal, pela primeira vez na história, regressa com três medalhas.

Nélson Oliveira conquistou duas, a de prata, na corrida de fundo; e a de broze no crono individual, isto em sub-23...

Em júniores, Rafael Reis foi terceiro no contra-relógio individual.
Parabéns aos dois atletas.

Parabéns à equipa Crédito Agrícola-Alcobaça, que está a formar como futuro campeão o Rafa Reis, também Campeão Nacional no crono...

Parabéns aos homens que, quase, senão mesmo, pondo dinheiro dos seus próprios bolsos, insistem na formação...

Devem estar orgulhosos e reinvidicar este resultado!

O Nélson Oliveira já é profissional há dois anos... na equipa espanhola da Xacobeo-Galicia, onde evoluiu de uma forma tremenda.

Claro que todos ficamos orgulhosos com as medalhas conquistadas... soa mal é ouvir coisas como "chefe-de-fila da Liberty Seguros-Portugal"... pois, pois, quando se ganha...

E tive que 'cavar' fundo para descobrir a equipa do Rafa Reis....

3 comentários:

Carlos Matos disse...

Duas correcções:

Não era Campeonato Mundial, mas sim o Campeonato Europeu.

A medalha do Rafael Reis foi obtida na prova em linha e não no contra-relógio individual.

No CRI, o Rafael foi 6º classificado.


Só mais uma coisa, "'cavar' fundo para descobrir a equipa do Rafa Reis"?
Com os resultados que ele tem feito ao longo da época? É de estranhar...

Carlos José Matos

mzmadeira disse...

Errei!

O Carlos José Matos fez-me o favor de repor a verdade dos factos. Obrigado.

Eternamente agradecido...

Não emendo nada no artigo para que todos saibam que eu me posso enganar... afinal, já não estou, vai para meia dúzia de anos, tão ligado assim ao ciclismo.

Também não li, nos últimos meses, pelo menos nos jornais, TANTOS ARTIGOS assim que me permitissem não ter que ter 'cavado' a equipa do Rafa Reis... mostre-me o Carlos José Matos o contrário.... e eu voltarei aki, a dar o braço a torcer....

Pensei eu que seria evidente que, afastado da modalidade, mas com outras tarefas para cumprir, todos haveriam de ter percebido que já não sei tudo sobre o Ciclismo actual...

Sou o primeiro a lamentá-lo.

E depois, a Federação Portuguesa de Ciclismo, que durante anos e anos contou comigo como divulgador de notícias (mais, que teve em mim praticamente a única voz que se atreveu a vir a público defender o Mundial de 2001... quando tudo o que era 'barão' na Imprensa a arrasou - mas fi-lo em consciência, porque acreditei sempre) - entretanto riscou o meu email da lista dos seus contactos... há já alguns meses.

Há seres tão pequeninos que, mesmo sentados no colo do dono, têm medo que eu saiba e publique novidades... que eu sei, claro, mas que não publico enquanto achar que devo respeitar quem me paga...

Carlos Matos disse...

Agora sou eu que faço um "mea culpa".

De facto notícias relativas às provas de júniores nos jornais nacionais, não existem...

A única coisa que me recordo, é uma entrevista na página 29 da edição de 15 de Julho de 2010 (a mesma da vitória do Sérgio Paulinho no Tour), feita pelo F. Emílio ao Rafael Reis.

"Parabéns à equipa Crédito Agrícola-Alcobaça, que está a formar como futuro campeão o Rafa Reis, também Campeão Nacional no crono..." - realço o facto de não ser só este ano que o clube tem formado bons ciclistas, pois em todos os anos da sua curta existência (fundado em 2003) teve sempre títulos de relevo:
- Em 2003 vence a Volta a Portugal em sub-23 individual e colectivamente;
- Em 2004, Ricardo Martins foi campeão nacional de estrada sub-23;
- Em 2005 Joaquim Andrade e em 2006 Hélder Miranda, da equipa profissional Riberalves/GoldNutrituion, foram campeões nacionais de estrada e contra-relógio, respectivamente;
- Em 2007 vencedor colectivo da Volta de Júniores e 2º (Guilherme Lourenço) e 3º (André Nunes) individualmente;
- Em 2008, em júniores, Amaro Antunes foi campeão nacional de estrada e contra-relógio, vencedor da Volta e da Taça de Portugal, e Fábio Silvestre foi campeão nacional de pista, vertentes de perseguição e velocidade, numa época onde o clube ganhou 52 de 58 provas, se não me falha a memória;
- Em 2009, Rafael Reis foi campeão nacional de contra-relógio em júniores;
- Em 2010, Rafael Reis foi campeão nacional de estrada e contra-relógio, em júniores, e Pedro Henriques foi campeão nacional de contra-relógio, em cadetes.

Carlos José Matos

PS: Peço desculpa por me ter alongado...

PS1: Se pretender informações sobre a actividade do Crédito Agrícola/Alcobaça, sei que o presidente do clube terá todo o gosto em lha enviar, bastando que me informe do seu e-mail. O meu é carlosjmatos@gmail.com