sábado, junho 27, 2009

II - Etapa 461

27 DE JUNHO DE 2008 / 26 DE JUNHO DE 2009



(Ainda há quem, cuja memória não se apaga!... Bem haja.)
Para quem não teve oportunidade de ler este trabalho, assente o rato sobre a imagem, clique no botão da direite e escolha 'guardar como'... a imagem passará para os vossos computadores num tamanho no qual é possível lê-la

7 comentários:

cristina neves disse...

e agora? sim e agora, enfia-se a cabeça na areia e/ou assobia-se para o lado como se nada tivesse acontecido? Como é Sr.Joaquim Gomes, não me deixe ficar mal...sempre o achei uma pessoa coerente, como é Sr.Marco Chagas? o mesmo digo aos outros Sr.Directores desportivos, Sr.Américo Silva, Sr.Carlos Pereira, etc...? Como é colegas e "amigos" do meu irmão (BRUNO NEVES) e dos restantes elementos da ex la mss? Como é Cândido Barbosa? Até o nosso querido José Azevedo? NINGUÉM VAI FAZER NADA? QUESTIONAR NADA? NEM NINGUÉM? Vão continuar a fazer de conta que não ouvem nem veêm nada? Continuem a atirar tiros para os proprios pés...depois chorem, sim chorem porque nem para a fila do centro de emprego vocês podem ir! Vão continuar a permitir que façam ao ciclismo o que têm feito? descredibilizá-lo a toda a hora como se fosse o patinho feio do desporto!!!! e como HOMENS, não vão AJUDAR OS VOCÊS COLEGAS? SIM AJUDAR!!!!Estão todos no mesmo barco, vocês sabem disso, se permitirem o que foi feito aos vossos colegas, estão a "preparar" o vosso próprio "FUTURO" QUE É "NADA", pensem nisso...

P.Veloso disse...

Para a Cristina Neves..Num País pequeno e de horizontes limitados, onde a mediocridade é uma espécie de medida universal, presume-se que o sucesso não possa ser explicado apenas com competência, trabalho ou dedicação.
É bem possível que todos se tivéssem deixado subverter, mas é difícil saber exactamente o ponto em que perderam a lucidez e passaram a entrar, mesmo que inadvertidamente, no maior jogo racional, o jogo do mal-dizer de tudo e de nada, de todos e de ninguém. É bem possível, também que a escola de maldicência que se instalou por todo o país e que o fustiga nos mais diversos sectores da vida racional, como ventanias imparáveis, que tudo varrem à sua frente, tenha tido por princípio o pecado de confundirem o democrático direito de opinião com o libertário direito à asneira. Constitucionalmente temos todo o direito de poder opinar sobre o que nos der na real gana, mas é um simples dever de responsabilidade de cidadania apenas nos pronunciarmos sobre aquilo que conhecemos ou julgamos conhecer. Como bem se sabe, esta ideia de não se puder saber tudo e de tudo é muito avessa ao estado mental da maioria dos portugueses. De facto, de tudo julgamos saber e quanto mais ignorantes somos sobre o assunto mais achamos… o verbo ACHAR é assim, um verbo persistentemente conjugado em Portugal. A maioria dos portugueses não pensa; Acha! Acha que sabe e isso basta para o delírio de algumas afirmações públicas
A memória é curta, é uma característica dos portugueses, avessos a serem contrariados ou a terem de assumir responsabilidades.
Talvez a memória destes seja curta...há que fazer com que eles não se esqueçam.

afonsazevedo disse...

Boa Tarde,
fiquei admirado com este artigo do Jornal O Jogo para quem os escreveu muito bem,Parabéns mostra alguma o que um verdadeiro jornalista deve ser, foi o único a lembrar-se que as suspensões terminaram.
O fernando emilio não escreveu nada? porque? a federaçao não o deixou publicar...

Eu ainda não me ri desta Palhaçada porque o que passei inda está bem recente na minha memória mas um Dia quem sabe....
Sei melhor que ninguém aquilo que se passou neste Caso e é sem dúvida uma INJUSTIÇA e PALHAÇADA.

Obrigada Sr Madeira e forte
Abraço também para si

monteirolms disse...

E agora?
Prescreveu, quer dizer que permitiram que se estragasse a vida a excelentes profissionais e que não lhes foi permitido a defesa que deveria existir pela nossa constituição.
Que desporto que temos, que é comandado por pessoas que fazem o que bem entendem, desrespeitando e destruindo quem se atravessa no seu caminho.
Que os lesados avancem e lutem pelos vossos direitos.
Lutem pois estragaram as vossas carreiras, estragaram os vossos sonhos e acima de tudo colocou-vos como criminosos sem direito a defesa.
O que vos proponho é organizarem um passeio com todos os membros da vossa equipa e que se juntem aqueles que sempre estiveram do vosso lado.
Um grande abraço para todos.
Não se fez justiça, mas a verdade chegou. Não tinha nada para vos acusar.

Paulo disse...

Ainda bem k alguem da C.S. falou sobre o assunto da prescrição da suspençao realmente é pena ser so um jornal a fazer isso mas esse senhor deve ter lhe pesado a consciençia do mal k escreveu na altura da perda do nosso amigo Bruno.Espero k ele se lembre do que insinuou na altura sobre a morte do Bruno.O Sr. jornalista va ver o resultado da autopsia e fale, isso sim na assistencia medica que ele nao teve como devia,e alerte as organizaçoes para k em proximas provas ou eventos nao aconteça uma morte k nem sequer teve uma reanimaçao no local. Obrg.Sr. Madeira Grd abraço P.S.

cristina neves disse...

Olha Paulo, isso simplesmente não interessa a ninguém falar, porquê? não sei ( claro que sei!!!), sempre quis fazer isto, não sei se o João Santos vai ler isto que vou escrever mas tenho esperança que sim, por isso aqui vai:
-Olá João Santos, tudo bem? queres falar com a nossa familia sobre o que realmente aconteceu no dia 11 de maio 2008? Claro que estamos disponiveis...
Era isto que havia de ter acontecido, pergunto-te J.Santos, porque nunca nos contactas-te? medo? peso na conciência pela forma como atiras-te logo o TEU AMIGO sim teu AMIGO, era assim que te intitulavas com ele vivo, ainda te lembras? claro que não...senão não terias sido logo o primeiro a atirá-lo aos "LOBOS" logo na manhã do dia 12 de maio 2008 a assinar um artigo no jogo já a levantar suspeitas sobre a morte do teu "amigo", ainda estava ele na morgue a ser autopsiado. Sabes qual foi a única equipa, ÚNICA, que não se fez representar nem com um atleta, UM como fez por exemplo a BARBOT, no 1º MEMORIAL BRUNO NEVES, essa toda, a MADEINOX-BOAVISTA, o nome BOAVISTA já está "feito" á muiiiiito tempo, mas a MADEINOX no ciclismo, deve muito ao Bruno Neves, ele deu muito ser a este patrocinador, deu muito suor, muitas lágrimas, muitas alegrias, no final...nem vale a pena falar... mas estas coisas não são noticia pois não? em maio 2008 e junho e julho...consolaste-te de "vender" jornais à custa da nossa tragédia, fora as bocas por ti dadas em algumas provas, sim nós sabemos tudo João, lamentavél, lamentável, e nunca tives-te a dignidade de directa ou indirectamente, vir ao pé de nós, conversar acerca destes assuntos...sabes, falar por trás não custa, assumir o bem ou o mal perante os lesados isso é que é ter (...), sinceramente, como amigo do Bruno que eras esperava outro comportamento da tua parte...mas olha serviu pelo menos para ver que és igualzinho aos outros (jornalistas de ciclismo)todos!!!!!! Tudo de bom para ti João Santos, porque acredita que não é com o teu mal que vivemos, e como te disse o que nós queriamos já ninguém nos pode dar...mas já agora se quiseres houve este conselho, se alguma vez mais te deparares com uma situação identica, e Deus permita que não, 1º estuda bem o "papel", depois "apresenta" a peça, irás ganhar muito mais com isso.
Bem haja a todos,
Cristina Neves

cristina neves disse...

Sr.Monteiro, uma boa ideia o passeio, mas esse passeio havia de ser as etapas da volta a Portugal, aí sim, seria um grande protesto, queria ver os dirigentes do nosso ciclismo, sem ciclistas para "trabalhar" por eles!!! e aí a COMUNICAÇÃO SOCIAL, iria estar toda EM PESO, mas ainda vão sair os castigos desportivos...é claro que os senhores dirigentes vão "procurar" mais alguma coisinha que possa justificar o que já à muito tempo está "justificado", e mais uma vez quem vai sair pela porta do fundo vai ser o mexilhão, é o País que temos, e que PERMITIMOS TER, enquanto não se fizer nada para contrariar quem quer, manda e pode...
cristina